Tipiti

Proporcionar uma ponte entre pequenos produtores do Pará e os consumidores, paraenses ou não, que residem em outros estados. Essa é a proposta da Tipiti, que busca valorizar a produção das famílias ribeirinhas e criar canais de escoamento para seus produtos, praticando o comércio justo.

Além de produtos alimentícios como pimentas, geleias, farinhas, café de açaí e cachaças, a Tipiti também trabalha com artesanato – palha de buriti e tintas naturais, tudo isso envolvendo cinco famílias distribuídas em quatro comunidades: Santarém, Atodi, Alter do Chão e Belterra.

Ingrid Ribeiro e Glinnis Da Rocha, fundadoras da Tipiti, começaram o negócio em 2015. Desde sua criação o empreendimento já teve o apoio do Projeto Saúde e Alegria, passou pela aceleração Pense Grande com a Aliança Empreendedora e Fundação Telefônica Vivo e com a Amaphiko – Red Bull. Nessa última, o desenho da marca, estilo de venda e comunicação da Tipiti passaram por reformulações, o que gerou um ligeiro aumento nas vendas e a expansão de relacionamento com possíveis parceiros em regiões como São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

No início, a Tipiti idealizou um box com produtos típicos do Pará – cachaça com Jambu, doce de cupuaçu, beijú de mandioca, farinha de tapioca, piracuí e uma cuia do artesanato – cuja intenção era o envio para outros lugares do país, ajudando as pessoas a amenizarem a saudade do estado. No entanto, a logística levou as sócias a remodelarem o negócio, com outras alternativas de vendas.

Hoje os produtos são comercializados em festivais, feiras, passeios turísticos, junto a empresas e também sob encomenda.

Os desafios incluem melhorar as áreas de gestão, logística e finanças, além de aprimorar o marketing dos produtos e ampliar a presença da Tipiti em outras regiões do país.

Dentre os impactos socioambientais positivos, destacam-se a geração de renda para agricultores familiares, o uso consciente dos recursos da floresta, fortalecimento da comunidade e a preservação de suas tradições e cultura.

A Tipiti apoia os produtores na precificação, na criação de novas ofertas e no desenvolvimento/aprimoramento do produto.

“Existimos para mostrar que é possível desenvolver dentro da Amazônia sem derrubar, sem exterminar. Valorizar a terra, disseminar a cultura pelo país e fortalecer o desenvolvimento de novas cadeias locais de produção é a missão do nosso empreendimento, pautado no empreendedorismo social”, afirma Glinnis, sobre a Tipiti.

“A Tipiti é uma demonstração da paixão que nós temos pela nossa cultura. O diferencial é que as pessoas experimentam os produtos como a gente consome no Pará, sem perder essa qualidade”, diz Ingrid.

o que já se falou sobre o negócio

RAIO-X

TIPITI

CIDADE / ESTADO

SANTARÉM - PA

DATA DE FUNDAÇÃO

JAN 2017

NATUREZA NEGÓCIO

MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI)

MODELO

B2C, B2B2C

TAMANHO EQUIPE

2 COLABORADORES

PATENTE

SEM PATENTE

FASE DO NEGÓCIO

TRAÇÃO

SOBRE A EMPRESA

Empresa que escoa produtos agrícolas e artesanato dos pequenos produtores da região de Santarém. Busca valorizar e divulgar os produtos locais.

O QUE RESOLVE

Desvalorização da produção das famílias ribeirinhas, preço abaixo da média pago por atravessadores, escoamento da produção, reciclagem de materiais.

IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS POSITIVOS

Geração de renda para a agricultura familiar e comunidades tradicionais, além de fixação de famílias e preservação de suas tradições e cultura. Trabalho realizado com quatro comunidades no entorno de Santarém, beneficiando 20 famílias. Apoio na precificação, desenvolvimento de novas ofertas e criação de métodos e metas de produção e venda em conjunto.

ODS

OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

TRABALHO DECENTE E CRESCIMENTO ECONÔMICO

CIDADES E COMUNIDADES SUSTENTÁVEIS

CONSUMO E PRODUÇÃO RESPONSÁVEIS

PRODUTO
Alimentícios regionais (farinha d’água, farinha de tapioca, pimenta de jambú, geleias) e artesanatos (palhas de buriti e tintas feitas nas comunidades). Trabalho com parceiros para distribuir os produtos no Brasil. No Pará, a venda é realizada em festivais, passeios turísticos e kits para empresas.

RESULTADOS
Visibilidade ao pequeno produtor rural, escoamento da produção, preço justo, diminuição em 80% do uso de materiais não recicláveis na apresentação do produto final, aprimoramento do produto, consciência socioambiental, valorização da agricultura familiar, disseminação da agricultura paraense em ourtos lugares.

IMPACTO

SINALIZA O PROPÓSITO DO IMPACTO?

ACOMPANHA O IMPACTO?

FUNDADORES

INGRID RIBEIRO DOS SANTOS E GLINNIS SUSAN SILVA DA ROCHA

CONTATO